Revitalizando Roquette Pinto

roquettepinto

Revitalizando o Sonho de Roquette Pinto: a Seção de Assistência ao Ensino do Museu Nacional como Pólo Difusor e Popularizador das Ciências Naturais

Edital: “Apoio à Difusão e Popularização da Ciência e Tecnologia no Estado do Rio de Janeiro –2012” – FAPERJ

Coordenador: Fernando Coreixas de Moraes

Resumo: Um dos pioneiros da difusão e popularização das ciências naturais no Brasil, Roquette Pinto criou, em 1927, o primeiro setor de ensino de museu do país – a Seção de Assistência ao Ensino do Museu Nacional (SAE/MN). Nela floresceram iniciativas para democratizar o ensino de ciências, ecoando até hoje pelo Estado do Rio de Janeiro. A criação da Coleção Didática de Empréstimo, a produção de filmes educativos, os cursos de especialização para professores e o desenvolvimento de conteúdos nas exposições foram legados seus. Os filmes deixaram de ser produzidos, mas a coleção mantem-se ativa e a interface com as exposições do museu se dá pelo Programa de Iniciação Científica Júnior, com alunos do Colégio Pedro II guiando grupos escolares. A demanda por material biológico paleontológico é crescente entre as escolas do Estado do RJ, deixando a SAE defasada nas possibilidades de atendimento ao público. Há necessidade de investimentos na melhoria da curadoria de 80% dos 1850 lotes da coleção. Pretende-se trocar os frascos, desenvolver as etiquetas dos lotes permitindo utilizar os espécimes para difundir noções de sistemática, taxonomia, ecologia, biogeografia e conservação – dentro e fora das escolas. Para potencializar as possibilidades de ensino destes e de outros temas, uma apostila ilustrada e dois vídeos didáticos com conteúdo científico serão produzidos e distribuídos para os professores, munindo-os de tecnologia e motivação durante cursos no MN-UFRJ. Visando a inclusão social, será desenvolvida uma exposição piloto projetada para pessoas com necessidades especiais. Espécies de animais serão disponibilizadas a seco para experiências táteis, etiquetas serão escritas em Braille e estudantes secundaristas atuaram como guias, fazendo áudio descrição das peças. Com o apoio solicitado, estas iniciativas e produtos inovarão a maneira como a SAE do MN atende aos alunos, professores, escolas e a população do Estado do Rio de Janeiro, reconduzindo-a à sua posição de vanguarda.

Objetivos:

  • Promover um acesso mais amplo e democrático às ciências naturais por meio da revitalização da Seção de Assistência ao Ensino do Museu nacional com materiais e processos que estimulem e promovam a inclusão de amplos setores da sociedade;
  • Criar um espaço de ciência acessível para cidadãos com necessidades especiais dentro do Museu Nacional;
  • Reestruturar, modernizar e ampliar o acesso das Coleções Didático/Científicas de Empréstimo do Museu Nacional, com ênfase na Zoologia, Paleontologia e Geologia;
  • Produzir material didático em formato multimídia (DVD), contendo um vídeo didático com conteúdo científico sobre biodiversidade marinha brasileira e um vídeo técnico sobre a exposição permanente do Museu Nacional.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s